O IMAGINEER: Francisco Alexandre Pires

 

IMAGINEER é manifestar pensamento e criatividade através de acção. E é essa a base para este website, e para a forma como quero abordar a criatividade, o acto de viver, e tudo o mais que existe pelo meio. 

Aqui colecto a minha poesia, fotografia, e a arte e a ciência. Aqui encontrarás a minha escrita - poesia, histórias curtas, romances. Aqui encontrarás a minha fotografia - pessoal ou comercial. Aqui também encontrarás as minhas experiências com videografia e editorial.

Também encontrarás - caso queiras trazer um pouco de IMAGINEER para a tua casa - impressões Fine Art da minha fotografia, para decorares as paredes de tua casa, bem como outras experiências na minha Workshop. 

Sou um crente na Teoria das Necessidades de Maslow. Acredito que a criatividade e esforços artísticos estão no topo da proverbial pirâmide - qualquer que seja a forma como se manifestam. Também acredito que a arte liberta, e que é a conquista última da humanidade.

Não sou um artista - e nem sei, na verdade, o que isso quer dizer - mas encontro maneiras de me expressar no que crio. E senti que precisava de ter um cerne para os meus pensamentos, para as minhas questões, para os meus moments de criação. IMAGINEER é essa esperança, e a esperança de que se te embrenhares aqui, deixes a tua mente vaguear para lá dos pesadelos e contradições diários. 

Tenho esperança - sem megalomanias - que te inspires a encontrar o artista em ti, e que alimentes a maneira única que tens de ver e experiencer o mundo. Este mundo consegue ser um lugar incrível - e vale decididamente a pena lutar por ele.

 
 
 
Untitled_Artwork 2.png

Ilustração de Inês Gomes

Se quiseres mostrar a tua apreciação pelo meu trabalho ao oferecer-me um Ko-Fi, sente-te à vontade para o fazer. É uma maneira fácil - e que custa tanto como um café - de me ajudar a pagar custos de manutenção do website. Também me pode permitir pagar custos de material e equipamento que são necessários para o processo criativo - e quem sabe, um dia, num sonho, me permita viver só de criar.

 

Obrigado por investires e acreditares em mim enquanto criador.